(41) 9 8402-8472
(41) 9 9784-8648
contato@consultoriaconfianza.com.br

O caminho da abertura de uma empresa no Brasil

O caminho da abertura de uma empresa no Brasil

Uma ideia de negócio surgiu, superou seus receios e até já criou vida própria em você? Ótimo!

Para um novo negócio vingar e passar a dar retorno, você vai precisar de comprometimento, um sólido planejamento, paciência e também ser capaz de assumir alguns riscos calculados. Mas quais são os passos para se abrir uma empresa em um país tão burocrático quanto o Brasil? Vamos ajuda-lo com dicas e sugestões para que seus primeiros passos sejam seguros e certeiros.

 

Primeiro passo: ter uma ideia boa e fundamentada

 

A primeira coisa necessária para para que seu negócio possa vir a dar certo é a consistência da ideia. Você precisa estudar a demanda que seu negócio atenderá, que mercado é esse e se você tem o que é necessário para sua ideia dar certo. A união desses pontos deve ser analisada no plano de negócios.

O plano de negócios se trata de um mapeamento de informações sobre o ramo em que o projeto se encaixa, produtos e serviços que serão ofertados. Abrange também clientes possíveis, concorrentes do mercado e os fornecedores, passando pela análise SWOT, que infere os pontos fortes e fracos do negócio, suas ameaças e oportunidades.

 

Agora sim: Organize-se documentalmente

 

Depois que o planejamento do negócio já mostrou que a ideia é viável, é hora de partir da ideia para a prática. O primeiro passo para isso é ter um espaço que será a sede legal da empresa. Outra coisa importante é saber se sua atividade pode ser feita neste local (informações sobre alvará de funcionamento podem ser facilmente conseguidas na Prefeitura). Pode? Vamos para a próxima fase!

Agora é hora de dizer ao mundo que sua empresa existe. Para isso, você precisa de algumas documentações necessárias no registro de nascimento de sua empresa; esses documentos variam de Estado para Estado, então vale checar antes na Junta Comercial ou em um Cartório de Registro de Pessoa Jurídica. Os mais comuns são o Contrato Social e os documentos pessoais de cada sócio (quando for o caso). Para gerar esses documentos, é indicável que você conte com uma assessoria de advogados ou contadores. Outra coisa importante aqui é o nome da sua empresa, sendo que não podem haver dois nomes iguais entre organizações diferentes. Essa consulta de viabilidade de nome pode ser feita no site da junta comercial da cidade ou região.

O Contrato Social é muito importante, pois define informações como objetivo e atividades da empresa, interesse das partes e a participação de cada um (quando há sócios), atribuição e remuneração dos administradores e tipo de sociedade (se é limitada, anônima, simples), ou seja, é a identidade e o manual de funcionamento da organização.

Depois de registrado na junta comercial ou cartório, compareça à Receita Federal para fazer o registro do CNPJ como contribuinte. De posse de um número CNPJ, vá até a Prefeitura e solicite um alvará de funcionamento e outro da Vigilância Sanitária, caso necessário. No nível estadual, a inscrição é no ICMS (em alguns Estados o registro estadual é fornecido já na Receita Federal) e mesmo que você não tenha funcionários, busque fazer um cadastro na Previdência Social, sem esquecer de solicitar autorização para emitir notas fiscais.

Agora sim, sua empresa está apta a funcionar. O caminho burocrático brasileiro é longo, mas uma boa assessoria técnica faz com que o tempo gasto no processo seja o menor possível e os esforços, mais certeiros. Por isso a Confianza Consultoria Empresarial elabora planos de negócios antes da abertura da empresa, efetua planejamentos e estudos de viabilidade para que seu negócio chegue onde merece chegar e também oferece serviços cuja finalidade é trazer para a empresa um eficiente controle dos aspectos da organização, como Organização e Processos, Financeiro, Tributário, Marketing e Gestão de Pessoas.

Tags:

Ligar Agora
WhatsApp Contate-nos